Gabe McClintock e a beleza da Luz Natural da Fotografia Boudoir
11 maio 2015

Gabe McClintock e a beleza da Luz Natural da Fotografia Boudoir

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 Google+ 0 0 Flares ×

Gabe McClintock é um fotografo de casamentos e boudoir internacionalmente conhecido localizado em Alberta, Canada.

Fique atualizado

Diga NÃO ao SPAM

Seu trabalho carrega uma incrível quantidade de nuances íntimos com uma tonalidade que se desloca para o escuro e atmosférico. Com tanta ênfase lá fora sobre seu trabalho de casamento, eu peguei um tempo para conversar com Gabe McClintock em relação à sua absolutamente bela fotografia Boudoir na esperança de entender melhor sua abordagem e fluxo de trabalho.

Formação

McClintock tem uma formação em fotojornalismo e começou a fotografar casamentos em tempo integral sete anos atrás. Ele menciona que sua transição para a fotografia boudoir teve algumas razões. Ele não concordava com a ideia de venda de empoderamento enquanto oferece cabelo e maquiagem e então aplicar suavização de pele e Photoshop para fazer os clientes parecerem com nada que eles realmente parecem em seu dia a dia. Outra razão McClintock nota que sua transição é devida o boudoir sendo uma tal mudança no ritmo de casamentos. “Não há pressão para estar em algum lugar. Sem linha do tempo, e porque fotografo todas as minhas sessões na casa dos meus clientes, eu sou incapaz de procurar por luz ou meio ambiente. ” Diz McClintock.  Em relação a não ser capaz de procurar por luz, ele menciona que isso força ele a adotar uma abordagem mais criativa para lidar com o que é mais frequente do que não menos perfeitos cenários de iluminação.

20150509 - Gabe McClintock e a beleza da luz natural da fotografia boudoir-2

A Abordagem

McClintock aborda todas de suas sessões com a ideia que ele quer capturar a real beleza do seu cliente. O primeiro passo que ele toma é fotografar na casa do cliente e em seus quartos de modo que é um lugar familiar para eles. Ele quer que suas imagens sejam como elas realmente são, portanto ele se assegura que seus clientes saibam que ele não oferece cabelo e maquiagem, nem se permitir ou oferecer adereços. Ele verdadeiramente quer que eles sejam quem eles são em seu dia a dia sem a necessidade de fingir uma hora ou duas. “Meu objetivo é mostra-los que eles são lindos exatamente do jeito que são, “ diz McClintock.

 

20150509 - Gabe McClintock e a beleza da luz natural da fotografia boudoir-3

20150509 - Gabe McClintock e a beleza da luz natural da fotografia boudoir-4

 

Em termos de equipamento, McClintock fotografa o boudoir exclusivamente com uma Leica M juntamente com sua Leica 35mm e 50mm Summilux. A discrição da Leica permite que seu cliente relaxe e se sinta mais confortável. Ele também faz nota que a limitação do alto ISSO na Leica o faz procurar e usar a luz mais criativamente.

20150509 - Gabe McClintock e a beleza da luz natural da fotografia boudoir-5

Eu sempre dou início bem devagar e simples em termos de vestuário e área do quarto. Eu geralmente começo com um top e na cama ou sofá com um lençol os cobrindo e depois, uma vez que eles se soltam, nós avançamos.

A mudança em perspectiva

O olhar e tonalidade de McClintock vem da vontade de fazer a aparência de seu trabalho ser menos profissional. Ele sentia que muitas das imagens que ele vinha vendo eram perfeitamente iluminadas em plano, mesmo luz cruzando os corpos escondiam imperfeições dentro da luz. Ele queria que seu trabalho fosse um pouco mais escuro em prol de iluminar áreas específicas do cliente. Ele menciona que fotografar boudoir tem sido uma ótima forma de se colocar criativamente e ver luz muito diferentemente. “Isso tem definitivamente tido um impacto na forma que eu fotografo casamentos, especificamente retratos, ” Diz McClintock.

 

20150509 - Gabe McClintock e a beleza da luz natural da fotografia boudoir-6

Sobre perguntar McClintock se ele irá continuar a buscar fotografia boudoir mais agressivamente, ele menciona que ele irá permanecer fotografando somente pelos clientes certos. Boudoir, para ele, é uma mudança de paço para ajudar a manter o processo do pensamento criativo se movendo a frente; uma saída criativa separada do dia do casamento.

Meus clientes de casamento me permitem liberdade criativa em 100 por cento em seus dias de casamento, mas nós ainda estamos geralmente ainda um tanto restritos no cronograma do dia. Onde com as sessões de boudoir, eu tenho toda a liberdade criativa mais o não cronograma para se preocupar.

 

20150509 - Gabe McClintock e a beleza da luz natural da fotografia boudoir-7

20150509 - Gabe McClintock e a beleza da luz natural da fotografia boudoir-8

 

É importante que um fotógrafo de tempo integral tenha alguma outra saída criativa. Como um fotógrafo de casamento de tempo integral, eu acho que fotografando algo que não seja casamentos seja uma ótima forma de quebrar o molde quando a demanda da temporada esteja em pleno andamento. Se isso seja fotografia boudoir, fotografia de estilo de vida, fotografia de rua, paisagens, a mudança do andamento é sempre bem-vinda. McClintock toma uma abordagem fantástica para a forma que vê e interage com o mundo, tão quanto supera obstáculos para passar por cima das normas. Seu trabalho se destaca drasticamente da maioria dos outros e com sua cabeça feita e abordagem, não é de se admirar que ele seja reconhecido como tal nível de respeito no muito fotográfico.

Onde você encontra sua mudança de seguimento e como você cria um meio ambiente de trabalho para destacar sua fotografia? Eu amaria ver seus comentários abaixo!

Todas as imagens são de direitos do autor McClintock de 2015 e utilizado com permissão.

 

Siga McClintock on Instagram e Facebook.

Por Fstoppers.


James Grenfell
James Grenfell

Fotógrafo, filmaker, colorista e também diretor de fotografia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 Google+ 0 0 Flares ×